Por que você deve ir a uma PythonBrasil

Publicado por: Anderson Berg | em Iniciante | 2 anos, 3 meses atrás | Comentários

Você quer um lugar pra aprender coisas novas, ficar antenado com novas tecnologias, trocar ideias com um monte de gente legal e interessante? Então você precisa ir a uma PythonBrasil!

No primeiro final de semana de novembro (6 a 9) ocorreu a PythonBrasil [10] em Porto de Galinhas, Pernambuco. Há muitos anos que tenho pensado em ir a uma Python Brasil, mas sempre esbarrei no problema de comprar passagens, além de arcar com os custos de ficar hospedado em uma cidade longe de onde se mora.

Este ano foi diferente, eu poderia finalmente participar de um grande evento da comunidade Python. Depois de tantas palavras de incentivo de amigos e de ler este artigo do Henrique Bastos, eu não poderia deixar de ir.

Não sei se toda Python Brasil é assim, mas comparando com outros eventos que já participei, o congresso foi muito bem organizado (sem querer puxar sardinha para os meus conterrâneos).

Sem contar a qualidade das palestras, muita gente disposta a te ajudar e orientar. Todos muito simpáticos. Não falo só da equipe de organização, mas dos próprios conferencistas e palestrantes.

Nem só de palestras vive uma PythonBrasil

Foto Oficial da PythonBrasil na praia de Porto de Galinhas

Claro, o melhor deste tipo de evento não são as palestras, por mais qualidade que tenham. O principal é o networking.

Conversar com pessoas de diversas partes do país e do mundo, ouvir suas histórias, suas experiências. Ouvir o que elas têm construído com Python. Ouvir o que elas têm feito para mudar o mundo, para revolucionar a tecnologia. E ver que todos, todos mesmo, estavam disponíveis e acessíveis para bater um papo, fosse durante os coffee-breaks (ótimos por sinal), fosse no final do ciclo de palestras, durante o almoço ou até enquanto as palestras aconteciam nas salas.

Confesso que até perdi algumas palestras interessantíssimas porque a conversa estava muito interessante. Mas não me arrependo, extraí muito conhecimento dessas longas conversas.

E como foram as palestras?

PyDanny na PythonBrasil 10

Sobre as palestras, como eu disse, qualidade altíssima. A grade foi muito bem montada e as mudanças estavam sempre em telões espalhados pelo hall do local do evento, tudo para você não perder nada da Python Brasil.

Pra abrir a Python Brasil deste ano, ninguém melhor que o Fernando Perez, o criador do IPython. Foi uma das melhores apresentações do congresso, na minha opinião.

Entre os outros keynotes estavam Alex Gaynor, engenheiro de software de diversos projetos Python e membro da diretoria da Python Software Foundation; Lynn Root, engenheira do Spotify, que mostrou como eles usam Python no desenvolvimento do player de música; e o PyDanny, co-autor do Two Scoops of Django, além de capoeirista (deu um show à parte na palestra) e engenheiro na Eventbrite.

Se quiser ver quais foram as outras palestras que rolaram no final de semana acesse a página da programação. Um dos palestrantes, Gileno Filho, escreveu um artigo muito legal sobre a PythonBrasil e ainda deixou disponível a apresentação e os links que ele usou de referência.

Concluindo

Foi um encontro muito interessante, pude ver o que está acontecendo no ecossistema Python pelo país e fora dele. Além de trocar figurinhas e conhecer novas pessoas que usam Python no dia-a-dia pra criar soluções que entregam valor a seus cliente e usuários.

É um evento que recomendo a qualquer um da área de tecnologia, não só quem programa em Python ou admira a linguagem, mas pra quem procura uma comunidade ativa e quer estar antenado com as novidades que surgem no meio.

Sem sombra de dúvida, ir a uma conferência é um investimento pessoal que traz grandes retornos. Além de conhecer as novidades, trocar ideias ou viajar, te traz novo ânimo pra buscar coisas novas, continuar inovando e trabalhando pela comunidade.

Com certeza estarei na PythonBrasil[11] e você? Deixe seu comentário!

Você participou da PythonBrasil[10]? Conte sua experiência nos comentários também!

Avaliação atual: 3.5

Comentários

Template by Blacktie Mezzanine theme by CodingHouse